Original

Agbook

Original

AS LEIS

DOS DIÁLOGOS DE PLATÃO

Por: ADEILSON NOGUEIRA

A autenticidade das Leis é suficientemente provada por mais de vinte citações delas nos escritos de Aristóteles, que residia em Atenas nos últimos vinte anos da vida de Platão e que, deixando-o depois de sua morte (347 AC), retornou lá doze anos mais tarde (335 AC); pela alusão de Isócrates (Oratio ad Philippum missa, p.84: Para os homens tais paneguresin enochlein kai pros apantas legein todos os sunprechontas en autais pros oudena legein estin, todos omoios oi toioutoi ton logon (discursos na assembleia) akuroi tugchanousin ontes tois nomois kai tais politeiais Tais upo ton sophiston gegrammenais).

Escrevendo em 346 AC, um ano após a morte de Platão, e provavelmente não mais de três ou quatro anos após a composição das Leis - que fala das Leis e República escritas por filósofos (upo ton sophiston); pela referência do poeta cômico Alexis, um contemporâneo mais jovem de Platão, à promulgação sobre os preços, que ocorre nas Leis XI, isto é, que os mesmos bens não deveriam ser oferecidos a dois preços no mesmo dia (Ou gegone kreitton nomothetes tou plousiou Aristonikou tithesi gar nuni nomon, ton ichthuopolon ostis um polon tini ichthun upotimesas apodot elattonos es eipe times, eis para desmoterion euthus apagesthai touton, ina dedoikotes tes axias agaposina, e tes esperas saprous apantas apopherosin oikade. (Meineke, Frag. Com. Graec.); pela voz unânime da antiguidade posterior e a ausência de qualquer suspeita entre os escritores antigos que valem a pena falar em contrário; pois não é dito de Filipos de Opus que ele compôs qualquer parte das Leis, mas apenas que ele os copiou das tábuas de cera, e foi pensado por alguns para ter escrito o Epinomis (Diog. Laert.) que o mais longo e um dos melhores escritos com o nome de Platão deveria ser uma falsificação, mesmo que sua autenticidade não fosse apoiada por testemunhos externos, seria um fenômeno singular na literatura antiga; e embora o valor crítico do consenso dos escritores atrasados não seja geralmente comparado ao testemunho expresso dos contemporâneos, contudo um valor um tanto maior pode ser atribuído a seu consentimento no presente exemplo, porque a admissão das Leis é combinada com dúvidas sobre o Epinomis, uma escrita espúria, que é uma espécie de epílogo para o trabalho maior provavelmente de uma data muito posterior. Isso mostra que a recepção das Leis não era totalmente indiscriminada.

Impresso
De R$ 102.65 por:
R$ 99,71

Ebook (PDF)
R$ 36,59

Tema: Ética E Filosofia Moral, Direito Consuetudinário, Conflito De Leis, Filosofia, Educação, Direito Palavras-chave: direito, filosofia, leis, platÃo

Características

Número de páginas: 571
Edição: 1(2017)
Formato: A4 210x297
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.



Personalizar acabamento
Para comprar cópias com opções de acabamento diferentes entre si, é necessário adicionar uma versão de cada vez ao carrinho.

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.