Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

A Mochila Azul

Por: Leonardo Daniel

Em “A Mochila Azul” temos o convite feito à imaginação! Logo no começo da história, quando o narrador conta que por um gesto secreto por ser também divino, todos os segredos do universo vão parar e preencher o vazio de uma mochila, muito especial, a Mochila Azul, já pressentimos que o mistério solto no ar tem o poder de mudar o futuro da humanidade alegoricamente representada por crianças muito especiais e sua amada avó.

Uma cigarra entra voando para dentro da proteção do lar, e lança o convite-desafio a todos dizendo que dentro da mochila tem um mapa para o maior tesouro de suas vidas, mas faz uma advertência: todos têm que subir a montanha antes que a escuridão chegasse, pois assim seria impossível terminar a jornada.

Um dia seus pés irão tocar o infinito assoalho do arco-íris!

Essa é a impressão que fica quando descobrimos que para chegar à montanha, tem que caminhar pelo chão de sete cores. Uma incrível imagem que fascina. Um convite para a necessidade de fantasia.

A vovó está cansada, está com muita sede, ela desmaia. Alguns pensam que está morta! Chega a escuridão e muda tudo ao seu redor. Diz o texto: “O estranho é que o lugar foi mudando, havia mil flores que ficaram para trás e já não perfumavam mais. As cores foram se perdendo no caos, eram cores sem vida. E a música se perdeu no silêncio. Só se ouvia o bater das asas da borboleta!”

O pequeno Pedro chora “No chão onde as lágrimas de Pedro caíram, as cores ressurgiram. E novas estrelas, feito cometas, surgiram na noite escura. Eram na verdade vaga-lumes que voavam por toda parte e brincando de roda, a assim, fizeram um círculo de luz ao redor de todos”.

Eles abrem a mochila, a esperança é confirmada, lá dentro tiram uma garrafa, a chuva aumenta, enchem a garrafa de luz , de vida, e dão de beber a vovó que é curada.

Voltam a caminhar chegam ao alto da montanha, a felicidade vibra no ar. Estão tão perto de encontrá-la.

“Estavam no alto da montanha. O mapa estava aceso como o Sol e frio como a Lua, ao ser levantado ele se partiu em partes iguais cada um pegou uma parte, e, de repente, apareceu escrito um nome e o desenho de um animal. Leão para o Pedro, Cachorro para Thiago Rogério, Gaivota para Fabiana, Borboleta para a Lila, Golfinho para Sofia, Urso para Lucas e para a vovó apareceu uma Águia uma pata e uma Flor.

Sete estrelas mais uma no céu se abriram para eles e lá... Lá estavam os tesouros.”

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 60,57

Ebook (PDF)
R$ 15,07

Tema: Pintura, Desenho, Atividade, Mensagens, Artes, Literatura Infanto Juvenil Palavras-chave: aventura, esperança, fantasia, imaginação, literatura-infantil

Características

Número de páginas: 47
Edição: 1(2013)
Formato: A4 210x297
ISBN: 978-65-898-9312-7
Coloração: Colorido
Acabamento: Brochura s/ orelha
Tipo de papel: Couche 150g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.