Original

Agbook

Original

Folhetim: um fenômeno literário

Por: M.P.Haickel

Desde sempre a humanidade tem necessidade de contar histórias, que podem ser reais ou imaginárias. Nos primórdios da humanidade, os homens das cavernas pintavam suas paredes, os gregos deram vida à mitologia e o folclore de todos os lugares tem lendas fabulosas para serem narradas. Mas ironicamente, até meados do século XIX, poucos tinham acesso à nova tecnologia devido aos baixos índices de alfabetização e à dificuldade de levar livros e jornais a diferentes lugares.

Paradoxalmente, o gosto pelo mito e o imaginário encontrou um espaço fértil para se desenvolver, particularmente a partir do século XIX, e se o sucesso do mito vem da Grécia Antiga, o folhetim nasceu na França, numa época em que aquela sociedade passava por mudanças radicais. Várias inovações tecnológicas situadas no período instantaneamente anterior ao surgimento dos romances de folhetins;

Este tipo de narrativa remonta à tradição literária do século XIX, período em que a oposição entre a cultura da elite (das classes abastadas) e cultura popular (basicamente de origem camponesa) é quebrada pela produção dos folhetins , ou feuilleton - narrativa adaptada ao gosto médio do público leitor. A atividade literária não só passa a ser um negócio, como também evoluirá numa ‘indústria’ para todos os ocupados na sua produção. A relação da literatura com a imprensa diária tem um efeito revolucionário e passa a influenciar praticamente os escritores da época e conseqüentemente toda a produção literária; atravessará os mares e fomentará um novo público leitor, que não esconderá seu entusiasmo pelo desenvolvimento das histórias, seduzidos pela sucessão de acontecimentos trepidantes, pelas emoções desenfreadas, pela linguagem acessível e pela ausência de qualquer abstração intelectual.

Selos de reconhecimento

Impresso
De R$ 38.43 por:
R$ 33,88

Ebook (PDF)
R$ 19,88

Tema: Crítica Literária, Literatura Estrangeira, Literatura Nacional Palavras-chave: fenômeno, folhetim, literatura, literário, tcc

Características

Número de páginas: 52
Edição: 1(2013)
Formato: A5 148x210
Coloração: Preto e branco
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.



Personalizar acabamento
Para comprar cópias com opções de acabamento diferentes entre si, é necessário adicionar uma versão de cada vez ao carrinho.

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.