Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

A INTEGRAÇÃO DA AMAZÔNIA SUL-OCIDENTAL NO CONTEXTO DESENVOLVIMENTISTA DA AMÉRICA LATINA

IIRSA - PAC - PDS NO ACRE

Por: PEDRO CASTRO DA SILVA

Na América Latina historicamente pode se verificar a ocorrência de processos econômicos de exploração que tinham por finalidade definir o espaço latino americano no sistema internacional de divisão do trabalho. No Brasil desde 1930 verificaram-se políticas governamentais que dentre outros, pretendiam tirar o país da condição de dependência econômica em relação a outras nações e alavancá-lo rumo a uma nova etapa ao de país desenvolvido. Nos anos de 1970 com a emergência do movimento ambientalista mundial surge o conceito desenvolvimento sustentável e, por conseguinte sua posição como novo paradigma para o desenvolvimento das nações. Na Amazônia Sul ocidental, em especial no Acre, desde 1980 ocorrerão processos importantes que darão destaque a constantes conflitos sociais por lutas latifundiárias. Tais conflitos permitiram a acessão ao poder local a um grupo político, através do Partido dos Trabalhadores - PT que a partir de 1999 assumirá como paradigma de governo um “novo” modelo de desenvolvimento para região – o desenvolvimento sustentável. Concomitante ao modelo implementado no Acre, no ano de 2003 foi iniciado em todo Brasil ações do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC conjunto de ações de fortalecimento de áreas estratégicas como o setor energético e de infraestrutura rodovias, portuárias e outros. A IIRSA – Iniciativa de Integração da Infra-Estrutura Regional Sul-Americana, insere o Brasil por meio do PAC e o Acre através do PDS – Programa de Desenvolvimento Sustentável - num conjunto de estratégias de reordernamento territorial pretendido para América Latina, a saber, de rota para o desenvolvimento e crescimento econômico mundial. No Acre aliado a esses processos ocorridos na America Latina e Brasil, o Partido dos Trabalhos ao chegar ao Governo local quando inicia o PDS - será responsável por uma série de transformações de políticas, caracterizado pela forte massificação do discurso da “sustentabilidade”. Serão realizados no Acre altos investimos, sobretudo, na área de infra-estrutura, financiados por agências como, BID - Banco Interamericano de Desenvolvimento. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho é apontar como programas de desenvolvimento locais não estão desassociados das macro estratégicas de reorganização da economia mundial.

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 34,57

Ebook (epub)
R$ 18,46

Tema: Economia, Educação, Filosofia, Desenvolvimento, Education, História Econômica Palavras-chave: amazônia, dependência, desenvolvimento, hegemonia, na, reordenamento, sustentabilidade, territorial

Características

Número de páginas: 98
Edição: 2(2015)
Formato: A5 148x210
ISBN: 978-65-003-7089-8
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.