Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

Eduardo Campos

Biografia Política

Por: Evan do Carmo

O dilema da dissidência ou traição

Antigos aliados de Lula que se afastaram do padrinho político, Eduardo Campos e Marina Silva adotam discurso que reconhece o legado do petista e de FHC mas que ataca Dilma Rousseff

Antigos aliados de Lula que se afastaram do padrinho político, Eduardo Campos e Marina Silva adotam discurso que reconhece o legado do petista e de FHC mas que ataca Dilma Rousseff

Na segunda-feira, Marina disse, no Recife, que a marca do governo Dilma é o “retrocesso”. O alvo é o afrouxamento das preocupações com o chamado tripé econômico, que garantiu a estabilidade durante os mandatos de Fernando Henrique Cardoso e Lula – sistema de metas da inflação, controle das contas públicas e câmbio flutuante.

Volta ao eixo

“Está cada vez mais claro que tanto Eduardo Campos quanto Marina vão insistir na tese de que a administração do país precisa voltar para o eixo, que eles na verdade representam uma soma do legado de PT e PSDB”, diz o cientista político Carlos Melo, do Insper (Instituto de Ensino e Pesquisa), de São Paulo. A estratégia, por outro lado, já provoca reação entre os petistas.

“Nós todos somos parte de um mesmo projeto político. Como é que o Eduardo vai falar para o eleitor do Nordeste que mudou de lado depois do aporte astronômico de recursos feito pelos governos Dilma e Lula em Pernambuco?”, questiona o vice-presidente da Câmara dos Deputados, André Vargas (PT-PR). Segundo o petista, a boa avaliação de Campos como governador de Pernambuco não existiria se ele não contasse com aportes da União. “Eduardo Campos como candidato a presidente virou mais uma questão de modismo”, afirma.

A chegada do pernambucano ao governo contou com a participação direta de Lula. Então no terceiro mandato consecutivo como deputado federal, Campos assumiu em 2004 o Ministério de Ciência e Tecnologia. Ganhou notoriedade e, em 2006, elegeu-se pela primeira vez governador.

Em 2010, novamente apadrinhado pelo petista, venceu no primeiro turno com 82,42% dos votos válidos. Nos 18 meses em que participou do ministério, Campos teve como colega Marina Silva, ministra do Meio Ambiente entre 2003 e 2008. Filiada ao PT entre 1985 e 2009, ela foi senadora pelo Acre por dois mandatos (1995-2003 e 2003-2011).

Professor de Comunicação Política da Universidade Presbiteriana Mackenzie, de São Paulo, Roberto Gondo diz que, para o eleitor, a dissidência da dupla em relação ao PT não será difícil de ser assimilada. “Estrategicamente, parece tudo muito correto. Ainda há o apelo de que ele vai muito bem no Nordeste e ela tem uma boa entrada no Sul e no Sudeste”, avalia.

Sem rótulos

Vice-líder do governo Lula na Câmara durante oito anos, o deputado gaúcho Beto Albuquerque (PSB) nega qualquer hipótese de o partido aceitar o rótulo de “traidor”. “Nós estivemos com o Lula desde 1989, nas três derrotas e nas três vitórias. Agora, acho que temos condições de propormos um novo modelo, sem negarmos o que ficou de bom”, diz o parlamentar, principal articulador da campanha presidencial de Campos no Sul do país.

Para Albuquerque, a “militância consciente” do PT sabe que não será justo atacar a aliança Campos/Marina. “Eu já tenho 27 anos de PSB e posso dizer de cadeira que estaríamos traindo a política brasileira se passássemos a vida inteira pedindo votos para os outros.”

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 67,11

Ebook (PDF)
R$ 44,13

Tema: Biografia, Presidentes E Chefes De Estado, Biografia e Testemunho, Literatura Nacional Palavras-chave: brasília, governador, política

Características

Número de páginas: 163
Edição: 1(2014)
Formato: A5 148x210
ISBN: 978-1495210259
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.