Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

SÁBADOS LITERÁRIOS

GRANDES NOMES

Por: Edson Santos Silva e Wallas Jefferson de Lima (Orgs.)

"Acho que sábado é a rosa da semana"

Clarice Lispector.

A frase de Clarice traduz, de maneira poética, o que o projeto Sábados Literários representa para os seus organizadores e participantes. Era a rosa da semana. Porém, somente no final de cada mês ela se abria, exalando seu perfume e ostentando sua beleza. Quedavam-se, assim, à espera desse dia especial em que ouviriam, debateriam e se emocionariam com os grandes nomes da Literatura.

O evento Sábados Literários foi obra de uma equipe. Constituído por um grupo de trabalho diverso, buscávamos a coesão dos encontros. Logo se revelou que havia demasiada ambição e que melhor seria respeitar a individualidade dos autores, das obras, das poesias, das crônicas, dos textos. Isso era importante por ser menos artificial e, sobretudo, mais equitativo, pois era exatamente a diversidade de abordagens que tornava a rosa frágil, enigmática, bela e rara. Talvez o único termo que dê conta de toda essa diversidade seja detalhe. A diversidade dos debates, porém, não fez do evento um espaço para rivalidades. A harmonia dissonante minimalista sempre reinou ali. O caleidoscópio de pensamentos, teorias e visões de mundo apenas traziam à tona toda a beleza dos textos. Na conjunção desses cacos coloridos, a configuração desses elementos acabava por engendrar um momento único. Por isso, Sábados Literários era um evento em transição. A rosa, como se sabe, não é como a Pintura, a Música ou a Literatura. Uma vez criada, sua beleza se pereniza. Ela morre para dar lugar a uma nova rosa. Sua beleza, assim, sofria alterações a cada encontro. Deformado o arranjo e aniquilada a plasticidade, eis que se deveria aguardar até o final do mês para que a rosa voltasse a florir. A beleza desse evento "conjuga-se", portanto, no gerúndio. Ela não está feita, está se fazendo. A cada sábado, reconquistava-se a beleza perdida do momento passado.

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 38,25

Tema: Crítica Literária, Educação, Literatura Nacional Palavras-chave: estudos, literatura, literáios

Características

Número de páginas: 137
Edição: 1(2015)
Formato: A5 148x210
ISBN: 978-85-64137-52-3
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.