Agbook

A dinastia e a Maldição dos Rockefellers

A dinastia

Por: Ricardo Ribeiro

Eu estava caminhando por um vale profundo, e era como se eu tentasse subir

por uma escada, degrau por degraus, até chegar ao topo, mas o topo não existia , era uma

"ilusão".Ilusão, peregrina ilusão dizia eu a mim mesmo, era como caminhar léguas na areia da praia,

juntando os grãos de areia e tentando imaginar os mistérios contidos no fundo dos mares.Então cada

grão era uma pessoa, e cada pessoa uma estrela, e cada estrela um ser dotado de sua singularidade e

genialidade próprias, mas ainda haviam os mediocres, como decifrar este mistério? A explicação mais

próxima que encontrei , é que o topo era reservado aos genios, e para baixo eram os lugares reservados

aos mediocres, aos menos inteligentes, desfavorecidos e ignorantes.E quando eu digo que o topo não

existia, não existia para estes , porque ele era colocado longe, muito longe do alcance do vulgo e quem

tentasse escala-lo , poderia sofrer graves consequencias.Isso deveria ser assim também, mas não era

natural e desejável que todos almejassem, desejassem o topo, acaso a providencia criara alguns para

a mediocridade e outros para o topo? Percebi que funcionava assim nas religiões, e que se o mestre

havia feito um estudo das religiões comparadas, era porque ele também devia ter descoberto, que os

seres humanos não apenas "criam" as religiões, mas tem algo delas.A tal umbanda por exemplo que ele

considerava a religião mais baixa em termos de noss evolução humana devia ser segundo ele, coisa de

pessoas também não tão evoluidas.E um pouco mais acima vinham outras do genero, como Seicho-noie,

e um pouco mais acima a Maçonaria que não era uma religião tradicional, mas que absorvera muito, ou

quase tudo do culto ao Faraó, ou o Deus sol do antigo egito.E pairando acima de todas, na superioridade

suprema, onde Deus ou a providencia desejava que todos ingressassem, a católica, da qual o mestre se

considerava um membro, dos mais ativos e criticos.Eu havia lembrado então de uma frase do apóstolo

Paulo "de nada adianta ao homem ganhar o mundo se ele perder sua alma, mas se muitas pessoas

levavam essa frase a ferro e fogo, é porque eram incapazes de compreender o seu porém, de nada

adianta ao homem ganhar o mundo se... então eu havia ganhado o mundo e assim como o mestre,

acreditava ter conservado minha alma intacta.

Ebook (PDF)
R$ 13,99

Tema: Ciência Política, Drama, Não Ficção Palavras-chave: bolsonaro, clã, corrupção, política

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.