Agbook

RELÍQUIAS

Por: EDNO MACHADO

Impressões de um encantado

Uma deliciosa sopa de letras feita e aquecida em fogões de lenha, com toucinho defumado, coentro e todos os sabores e cheiros da cozinha apartada da casa com sua imensa varanda servindo de refeitório.

Não fossem as imposições gráficas, este livro deveria ser rabiscado e sem os rigores impositivos da gramática. Um enorme rascunho de próprio punho. Ainda mais, impresso num papel de pão com a capa de papelão coberto de chitão bordado por alguma vovó.

É um livro para se ler e revisitar. Seus textos, extraídos de verdades e outras nem tanto, despejados por entre páginas como se compensassem o verter de lágrimas contidas de um moleque de pés encardidos de terra, com seus joelhos raspados e nariz remelento.

Talvez alguém consiga obter uma gramática mais apurada para narrar tais ‘aventuras’, com menos vírgulas, quebras de idéias, vai-e-vens por entre ruas tortas, campinhos acarpetados de bosta de vaca e murundus, lógica de tempo e espaço jogados nos corixos. Talvez. Mas perderíamos a fonética em seus resvalos de música, seus escorregões e neologismos. Não poderíamos amarrar com a piola estes sentimentos incrustados pelo lápis apontado nos dentes se derramando por páginas ou, mais tarde, bem mais tarde, deixados marcar em telas de computadores. Imagino o Edno tentando coordenar suas idéias, conectá-las à gramática, dar-lhes sentido. Não há sentido. A vida que ele nos narra é um viver sem sentido, pois faz uso de todos os sentidos: Olfato, Olhar, Tato, Audição, Paladar e Molecagem. Todos os seis.

Eu fui brindado com sua amizade, aprendi a conhecer a forma bonita de compartilhar que ele traz desde a sua infância. Uma forma bonita que amadureceu, mas não perdeu seu viço.

Fui brindado em trabalhar este livro, letra a letra. Brindar este livro com meus erros. Comecei revisor, terminei aprendiz de uma nova gramática. Paulistano que sou vim a perder o verniz industrializado das letras para ser incensado com a fumaça daquele fogão à lenha de alguma rua torta do interior do Mato Grosso do Sul.

Agradeço ter-me instruído a ponto de ser convidado para trabalhar esta obra.

Agora, me despeço deste ineditismo e compartilho com vocês. Encantamento foi o que aprendi.

Jornalista Dirceu Martins de Oliveira

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 42,78

Tema: Diversos, Literatura Nacional, Não Ficção Palavras-chave: campo, crônicas, mato, natureza, pantanal, reliquias, roça, ìndio

Características

Número de páginas: 288
Edição: 1(2010)
Formato: A5 148x210
ISBN: 978-85-99127-06-3
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.