Agbook

PEQUENAS MOEDAS DO MUNDO

Por: ADEILSON NOGUEIRA

Ainda que sejam numerosos os estudos e as hipóteses em relação ao «invento» da moeda, ninguém acertou ainda em dar uma resposta definitiva. Naturalmente, a importância de um sistema de intercâmbio tão difundido, que promoveu contatos, relações comerciais e circulação de ideias entre os povos, é objeto de debates e se presta à criação de lendas e mitos.

Muitos fazem remontar as primeiras moedas de ouro a Creso, rei de Lídia no século VI a.C. A riqueza de Creso tornou-se lendária, e a lenda, como acontece sempre, contém um fundo de verdade: A Lídia, uma região da atual Turquia asiática, encontra-se numa posição privilegiada porque atua como ponte entre o Oriente e o Ocidente. Além do mais, é muito rica em minas de ouro, como lembra Heródoto, grande historiador do século V a.C: «Quanto as maravilhas são dignas de serem lembradas, Lídia não possui muitas em comparação com outros países, exceto as fibras de ouro que provêm do Tmolo» (montanhas de Anatolia). Outro aspecto importante no apoio desta tese é que a Lídia tem pouco terreno cultivável: seus habitantes dedicaram-se desde muito cedo ao comércio, primeiro em forma de troca, e depois, consoante as diversas modalidades de intercâmbio que constituem a origem da moeda. Outros afirmam que o berço da moeda se encontra na região costeira de Ásia Menor, onde floresceram as primeiras colônias gregas, tão importantes na mediação entre as culturas helênica e oriental. Estas colônias, fronteiriças com a Lídia, também desenvolviam intenso tráfico comercial.

Mas além das discussões acadêmicas sobre a zona exata de nascimento da moeda ressalte-se, em qualquer caso, que a região da Ásia Menor terá sido o âmbito mais propício para a criação e desenvolvimento de uma forma de intercâmbio prática e rápida, apta a promover relações tanto comerciais como culturais entre os povos próximos ao Mediterrâneo.

Os conhecimentos atuais baseiam-se nos achados de moedas de elétron (uma liga natural de ouro e prata) principalmente em Éfeso, na costa da Ásia Menor. Hoje, pensa-se que as primeiras emissões da moeda se efetuaram no Oriente (século VII a. C.), estendendo-se à Grécia.

Há mais de 2500 anos, a primeira cunhagem é atribuída ao rei da Lídia, que hoje é o oeste da Turquia. Essas moedas de Electrum, uma mistura natural de ouro e prata, eram pequenas como outras moedas antigas, já que seu poder de compra era grande. Mas, à medida que o comércio aumentou, moedas maiores de ouro e prata foram atingidas. Algumas das gravuras mais artísticas e belas moedas vêm desse período.

“A era da prata começa com Pepino, o Breve (752-768 dC), que desmonetizou o ouro e transformou o denário de prata ou moeda de um centavo em todos os seus domínios”, escreveu George MacDonald em seu livro The Evolution of Coinage. ”Publicado em Cambridge em 1916.

Estes pequenos e finos centavos de prata têm muitas das características da série de prata deste estudo. A autoridade governamental padronizou essas medidas quanto ao tamanho e, geralmente, seu peso, pois elas representavam um tamanho econômico conveniente (ou valor) para as pessoas. Moedas maiores seriam cunhadas mais tarde com o Joachimstaler ou taler de 1519 nomeado para a localização da fonte das minas de prata no vale de São Joaquim na Boêmia.

Impresso
R$ 40,28

Ebook (PDF)
R$ 22,60

Tema: França, China, Américas, Não Ficção, Geografia E Historia, Educação Palavras-chave: moedas, mundo, numismÁtica

Características

Número de páginas: 39
Edição: 1(2018)
Formato: A4 210x297
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.



Personalizar acabamento
Para comprar cópias com opções de acabamento diferentes entre si, é necessário adicionar uma versão de cada vez ao carrinho.

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.