Agbook

PYDNA

EM MOEDAS

Por: ADEILSON NOGUEIRA

Pydna (Kitros) está localizada em um lugar especial. No sul, o Monte Olimpo domina com seu majestoso pico Mytikas, que foi a casa dos Doze Deuses do Olimpo. No Ocidente, as montanhas da Pieria se erguem, que eram o lugar das nove Musas da história grega.

No norte, a uma distância de 50 km, a cidade de Salônica surge do mar a brilhar à noite. E a uma distância de apenas 3 km você encontra o mar no leste. É o Golfo Termaico que dá uma brisa fresca no verão quente. A história de Pydna parte do século VII a.C., quando foi conquistada pelo rei da Macedônia Perdicas I, que pretendia o desenvolvimento do comércio macedônio e precisava de um porto central.

Durante o reinado de Arquelau (413-399 a.C.), o povo de Pydna tentou fugir, aproveitando os conflitos entre os macedônios e os atenienses. A tentativa falhou e depois Arquelau os forçou a moverem-se em direção ao lugar no mediterrâneo onde a aldeia de Kitros está localizada hoje. Após a morte de Arquelau, porém, eles se aproveitaram dos conflitos dos macedônios durante a sucessão, aliaram-se aos atenienses e retornaram à sua residência anterior, tendo também obtido sua autonomia, como é indicado a partir de suas moedas. Mas a autonomia de Pydna não durou muito tempo.

Em 357 a.C., Filipe II da Macedônia conquista Pydna apesar de sua grande resistência. No entanto, esta nova fase do domínio macedônio não reduziu sua riqueza. Pydna começou a prosperar e seu porto tornou-se a base da frota macedônia. É também o maior centro urbano, bem como o porto mais importante do Reino da Macedônia. De lá, a famosa madeira de Pieria é exportada, o que é valioso para a construção de navios.

Sua importância vital é mostrada a partir do fato de que eventos significativos ocorreram lá, que determinaram o desenvolvimento da Macedônia. Em 317-316 a.C., Kassandros (o fundador da Thessalonika) filho de Antipatros (regente da Macedônia durante a expedição de Alexandre, o Grande) sitia Olímpia (mãe de Alexandre, o Grande) em Pydna, onde ele a forçou a se render desde que seu exército tinha sido dizimado pela fome. Ela foi morta por parentes de suas vítimas e enterrada em Pydna.

A prosperidade de Pydna durou até 168 a.C., quando o exército romano, liderado por Amélio Paulo, derrotou o rei da Macedônia Perseu e Pydna foi saqueada. A batalha de Pydna foi uma das maiores batalhas dos tempos antigos e desempenhou um papel determinante no futuro da Grécia.

A cidade ainda era habitada durante o Império Romano e era o centro mais importante de Pieria. Mas os habitantes se estabeleceram no mar com o resultado de que ocupavam a parte sudeste da cidade antiga.

Durante o período bizantino, ela prospera novamente e leva o nome de Kitros, depois torna-se um povoado fortificado com uma sé episcopal. Durante a dominação turca no século XV e por causa de ataques piratas o local é abandonado e se muda para o lugar onde está hoje, em Kitros, que fica a 3 km a sudeste de seu antigo local.

Depois da Revolução Grega, foi completamente destruída. Foi libertada em 1912. Em 1925 depois do tratado de Neuilly (assinado em 1919 e preocupado entre outras coisas com a troca de populações entre a Grécia e a Bulgária) aceita imigrantes da Rumelia oriental (Tracia do norte). Esses novos habitantes que vinham de duas cidades da Rumelia Oriental (Vana e Kavakli) formam os três quartos da população total de Kitros. Pessoas cuja vivacidade e diligência dão uma nova aura no cotidiano de Kitros.

Impresso
R$ 40,28

Ebook (PDF)
R$ 22,60

Tema: Geografia E Historia, Educação, Antiguidades E Colecionáveis Palavras-chave: histÓria, moedas, numismÁtica, pydna

Características

Número de páginas: 36
Edição: 1(2018)
Formato: A4 210x297
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.



Personalizar acabamento
Para comprar cópias com opções de acabamento diferentes entre si, é necessário adicionar uma versão de cada vez ao carrinho.

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.