Agbook

Como Obter Sucesso nas Eleições

Por: Israel Foguel

O principal interesse desta obra está no fato de nos dar a conhecer como decorria e o que garantia o êxito de uma campanha eleitoral em finais da República, isto é, há mais de dois mil anos.

Para o leitor mais desprevenido, ou menos conhecedor do mundo da Roma antiga e das práticas da sua sociedade, poderá parecer que uma campanha eleitoral dessa época tão recuada nada tenha a ver com o que acontece hoje em dia em semelhantes circunstâncias.

Nada de mais errado. Se é verdade que, na Roma republicana, não havia, da parte dos candidatos, um verdadeiro programa político que se divulgasse pelos meios então disponíveis (discursos, por exemplo), contudo, observando melhor os caminhos e os meandros das eleições romanas, podemos verificar muitos aspectos coincidentes entre as duas épocas, a nossa e a de Cícero.

A importância da valorização dos pontos positivos do candidato, sobretudo se, entre essas qualidades, se inclui o dom oratório ou o sucesso na atividade por ele desempenhada, a exploração e denúncia dos pontos fracos ou mesmo escandalosos do adversário, principalmente se ele tiver incorrido em faltas graves, como abuso do poder e corrupção, ou se tiver revelado vícios morais, como acontecia com os adversários de Cícero na eleição para o consulado; a relevância assumida pelas alianças partidárias bem escolhidas e promissoras (na verdade, alianças pessoais, em que se joga toda uma troca de favores, já feitos ou a fazer no futuro: como hoje diríamos, mais que ‘alianças’, tráfico de influências); a vantagem retirada do maior número de apoiantes obtidos, da sua exibição pública junto do candidato, tanto mais quando esses seguidores forem personalidades importantes e de todos conhecidas, capazes de aumentar o prestígio do candidato; a necessidade de o candidato acompanhar a sua campanha de perto, tendo contato direto com aqueles que quer atrair à sua causa, relativamente aos quais se deve mostrar afável, interessado e, também, confiante.

Por fim, a prática de todas as técnicas, ou estratégias, referidas no texto de Quintus Cícero (tema central deste livro), com o fim de conquistar a adesão do maior número de apoiantes e de tentar demover de uma posição contrária mesmo aqueles que não simpatizam ou têm algum ressentimento para com o candidato são fatos relevantes em uma campanha eleitoral.

Para falarmos sobre a eleição ocorrida em 64 a.C vamos dar uma visão geral de Marcus Tullius Cícero, o candidato, e seu irmão Quintus Tullius Cícero, o autor das estratégias políticas para se vencer àquela eleição.

Boa leitura!

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 39,50

Ebook (PDF)
R$ 17,22

Tema: Política, Democracia, Ciência Política, Antiguidades E Colecionáveis Palavras-chave: ciências, história, política, política

Características

Número de páginas: 70
Edição: 1(2019)
Formato: A5 148x210
ISBN: 978-85-93232-35-0
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Couche 90g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.