Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

VINTE SONETOS E VINTE E QUATRO OUTRAS POESIAS

(José Bonifácio de Andrada e Silva, o Moço)

Por: Augusto de Sênior

É interessante ler as obras poéticas dos nossos antecessores, principalmente daqueles homens do século XIX. Através da leitura atenta das obras podemos localizar e entender, na interpretação das entrelinhas, o Homem, ser sensível, que respira e vive os problemas do seu tempo. Podemos questionar: Como era a vida naquele tempo? Como era o trabalho naquela sociedade? A Educação? A Política? Como era viver em tempos de Monarquia? Como eram as reuniões sociais? E é claro o objetivo maior: crescer literariamente e somar mais conhecimentos sobre a Arte do Belo, ou seja, a Arte da Bela Escrita, aquela que é capaz de conduzir sentimentos ao coração e despertar a sensibilidade das pessoas. Podemos tentar encontrar, descobrir vínculos com o Autor, analisando as genealogias de nossas famílias, procurando assim descobrir um parentesco, mesmo que longínquo com o autor. Podemos também procurar o Homem dentro da obra, ou seja, em seus poemas, verificando o conjunto de ideias aplicadas ao tema, o conjunto de estrofes; os versos, a sonoridade proporcionada pelas rimas, as entrelinhas, o momento político, o momento histórico e assim, procurar dados que denunciem a psiquê do Autor, que revele o seu caráter, que mostre as suas preferências, que informe como era o lazer na época em que as poesias foram compostas e cormo era o seu efeito na sociedade. Que nos mostre também como era seu convívio, ou seja, o amor pelos pais, pelos filhos, pelos vizinhos, pelos animais e até pela sociedade em que ele viveu, verificando todos seus registros, porque acreditamos que é possível encontrar na obra todo o cerne do escritor. Os temas selecionados pelo nosso Autor são os do cotidiano de qualquer pessoa, fato que tira a poesia de sua Torre de Marfim e a transporta para o cotidiano e a faz ser mais bela ainda e desperta mais a curiosidade dos leitores, são os seguintes temas: a família – no caso a irmã doente, anjos, versos, pássaros – Gaturamos, outros poetas - O comediógrafo Anacreonte, Petrarca, Dante, Camões, Castro Alves; o verde representado pelas árvores, os sonhos de juventude, a liberdade desejada por todos; a fé que todos devem ter, as aspirações de crescer na vida, vencendo todas as nossas metas, entre outros fatores, que tornam a sua poesia moderna, atualizada, proporcionando momentos agradáveis de prazerosa leitura. Nossos autor além de poesias, dividia seu tempo entre a política e a advocacia, mesmo assim, ao que parece, arranjou tempo para cuidar de seus trabalhos literários (percebemos na elaboração o cuidado com vocabulário e com a sonoridade, com a métrica – sendo os versos, na maioria, decassílabos; a utilização de sonetos – poesia de forma fixa entre outros fatores que embelezam a poesia e demonstram a cultura do Autor), com a utilização de todos estes cuidados, culmina o nosso poeta com um trabalho de fino acabamento literário. As poesias, apresentam uma temática atual, superando assim a poeira dos tempos e colocando José Bonifácio de Andrada e Silva, o Moço entre os grandes nomes da nossa Literatura. Escolhi, entre elas, 20 sonetos, ou seja, vinte poesias de forma fixa; e vinte e quatro poesias de forma livre; mas existem muitas mais, que refletem todo o talento do nosso, brasileiríssimo autor e espero que com isso consigamos atrair a atenção do leitor moderno e angariar minutos do seu precioso tempo. Esperamos também chamar a atenção para os trabalhos poéticos de nosso romântico poeta. Ou seja, José Bonifácio de Andrada e Silva (1753-1848), o Moço - neto do Patriarca da Independência do Brasil, fato ocorrido em Sete de Setembro de 1822 (Independência ou morte!).

Contêm 28 ilustrações e 01 fotografia do Autor.

Rio de Janeiro, 1º de julho de 2019. Augusto de Sênior. (Amauri Ferreira)

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 44,07

Ebook (PDF)
R$ 21,53

Tema: Ficção, Literatura Nacional Palavras-chave: fixs, forma, livre., poesias, sonetos

Características

Número de páginas: 109
Edição: 1(2019)
Formato: A4 210x297
ISBN: 9781078309165
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.



Personalizar acabamento
Para comprar cópias com opções de acabamento diferentes entre si, é necessário adicionar uma versão de cada vez ao carrinho.

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.