Agbook

POMPEUS

Por: ADEILSON NOGUEIRA

Ele derrotou 14 nações e tomou 900 cidades, 800 navios e 1.000 propriedades piratas. Sua carruagem foi precedida pelas famílias em cativeiro de três reis conquistados, juntamente com chefes de piratas algemados. Vangloriava-se de ter matado ou submetido mais de 12 milhões de pessoas e de quase triplicar os índices públicos de Roma. Observou-se que seus três triunfos comemoravam vitórias em diferentes continentes - África, Europa e Ásia.

O gênio também pode ser desconcertante. Certamente não é o produto da inteligência, do aprendizado, do treinamento ou da disciplina, mas é uma demonstração intuitiva e espontânea de poder que o raciocínio nunca pode realmente compreender. Mesmo assim, podemos contar com a ajuda do poeta grego Archilochus, que uma vez disse: "a raposa sabe muitas coisas, o ouriço é uma grande coisa". Em um momento em que a República estava rapidamente escorregando na intomorbidade, a raposa era César e o ouriço era Pompeu, com sua paixão maciça e abrangente.

O que faltava não era coragem física. A pessoa se sente obrigada a perguntar por que. Afinal, ele era um homem, o Alexandre Romano, que triunfou em uma enxurrada de sucesso e sangue aos 24 anos de idade e tornou-se, por meio de seu segundo triunfo, cônsul sem nunca ter realizado nenhuma magistratura.

Aos 35 anos, um homem que perdia apenas para o Alexandre macedônio em suas realizações militares, e alguns disseram nem em segundo lugar ficava. Para um homem que atravessou o palco do final da República como se fosse um deus, respirando mistério e poder.

A crença popular é constante ao longo da história: em tempos ruins, uma única pessoa surgirá para fazer toda a diferença e transformar tudo ao seu redor. Hoje é familiar como um drama do triunfo do bem sobre o mal, da virtude sobre o vício, da luz sobre as trevas. No entanto, à medida que os valores mudam, o mesmo acontece com a avaliação do passado e com a impressão de reatores de longa duração. Novos mitos substituem os antigos, e os vilões de ontem se tornam os heróis de hoje e vice-versa. Os heróis são pessoas dinâmicas e sedutoras - elas não seriam heróis de outra maneira - mas o que torna os heróis aos olhos da maioria não heroica? Geralmente a conquista de algum homem forte, vilão ou herói mais velho e já estabelecido.

Impresso
R$ 40,28

Ebook (PDF)
R$ 22,60

Tema: Itália, Histórico, Europa, Geografia E Historia, Educação, Biografia Palavras-chave: guerras, histÓria, repÚblica, romana

Características

Número de páginas: 37
Edição: 1(2019)
Formato: A4 210x297
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.



Personalizar acabamento
Para comprar cópias com opções de acabamento diferentes entre si, é necessário adicionar uma versão de cada vez ao carrinho.

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.