Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

A INVENÇÃO DO ALFABETO

Por: ADEILSON NOGUEIRA

No primeiro alvorecer da civilização dos povos primitivos, a invenção da arte de escrever parecia tão maravilhosa que os vulgares não puderam concebê-la senão como um presente dos deuses.

Não conhecemos nenhum alfabeto adequadamente chamado antes do dos fenícios, e todos aqueles dos quais existem monumentos, ou que permaneceram em uso até hoje, procedem mais ou menos diretamente do primeiro alfabeto, combinado pelo filho de Ken'an e derramado por eles na superfície do mundo inteiro.

Mesmo depois que os egípcios chegaram à análise da sílaba e da abstração da consoante, ainda havia um grande passo a ser dado, uma melhoria de capital a ser consumida, para que a escrita pudesse atingir o grau de simplicidade e clareza. Quem sozinho poderia colocá-lo em condições de cumprir, com dignidade e completamente, seu alto destino? Repudiar todos os vestígios de ideografismo, suprimir valores silábicos, pintar apenas sons por pura alfabetização e finalmente reduzir a fonética a um único sinal invariável para cada articulação do órgão, era o progresso a ser feito.

Dar à luz o alfabeto, consumar a união íntima da escrita com a palavra, emancipar definitivamente o espírito humano do envoltório do simbolismo primitivo e permitir que ele decole livremente, dando-lhe um instrumento digno de si, perfeita clareza, flexibilidade e conveniência. Somente esse progresso poderia permitir que a arte da escrita penetrasse nas massas populares, pondo fim a todas as complicações que até então a tornaram uma ciência obscura e pouco acessível, e de se comunicar a todos os povos, tornando a escrita um instrumento igualmente aplicável a todos os idiomas e ideias.

Impresso
R$ 42,86

Ebook (PDF)
R$ 25,19

Tema: Educação, Geografia E Historia, Não Ficção, Antigo, Civilização, Egito Palavras-chave: alfabeto, civilização, escrita, linguagem, língua

Características

Número de páginas: 30
Edição: 1(2019)
Formato: A4 210x297
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.



Personalizar acabamento
Para comprar cópias com opções de acabamento diferentes entre si, é necessário adicionar uma versão de cada vez ao carrinho.

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.