Agbook

VENCENDO A ANSIEDADE

Basta cada dia o seu mal

Por: Pra Moza Barroso

VENCENDO

A ansiedade!

– Basta cada dia o seu mal –

(Mateus 6.34b)

– NO SENHOR ESTÁ A NOSSA ESPERANÇA –

“Eis que fizeste os meus dias como a palmos; o tempo da minha vida é como nada diante de ti; na verdade, todo homem, por mais firme que esteja, é totalmente vaidade”. (Salmos 39.5)

Autora

Pra. Moza Barroso

Fortaleza-Ceará

– 2018 –

____________________________

Capa

Pr. Geovaldo Barroso

SUMÁRIO

Introdução 05

Prefácio 09

Capítulo I

– Corpo, Alma e Espírito 11

Capítulo II

– Enfermidade da alma há cura 19

Capítulo III

– Ansiedade o Mal do Século 22

Capítulo IV

– Doença ou Enfermidade 28

Capítulo V

– Stress à Luz da Bíblia 36

Capítulo VI

– Diante a Angústia à Confiança 46

Capítulo VII

– Libertação à Luz da Bíblia 61

Palavra de Fé 67

Comentário 69

Mensagem 71

Notas 72

Autora 72

INTRODUÇÃO

Não andeis, pois, inquietos, dizendo (...)

Mas se não confiamos que o Senhor tem poder e autoridade para cuidar daquilo que é o mais básico de nossa vida, de que forma podemos, pois, confiaremos em Deus?

“Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário? Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas? E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura? E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam; E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé? Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? Porque todas estas coisas os gentios procuram. Decerto vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas; Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal”. (Mateus 6.25-34)

Uma questão de conhecimento – Na cultura em que vivemos, às vezes, o ter é mais importante do que o ser “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome”. (João 1.12)

Uma questão de valorização – Embora que o Senhor cuide da natureza; portanto, procure observar que você é a coroa da criação. Ainda assim, muitos podem não te valorizar, mas para Deus você é (especial), feito à Sua imagem, e à Sua semelhança.

“Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste. Fazes com que ele tenha domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste debaixo de seus pés: Todas as ovelhas e bois, assim como os animais do campo, As aves dos céus, e os peixes do mar, e tudo o que passa pelas veredas dos mares”. (Salmos 8.5-8)

Uma questão de confiança em Deus – O Senhor é a habitação da nossa fortaleza, Nele estou seguro e nada temerei, pois Ele é o meu escudo, “Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre”. (Salmos 125.1)

Uma questão de intimidade com Deus – Aprendemos que estado de ansiedade é algo que nos aflige em cheio, quando estamos distantes do Senhor, “Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Alimpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai os corações”. (Tiago 4.8)

Uma questão de estar com Deus – Porque Deus é especialista em transformar tragédias e derrotas em vitórias – é o Senhor que preenche e que supre todas as cosias, “E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda a boa obra”. (2 Coríntios 9.8)

Uma questão de valorização espiritual – Ter plena visão do espiritual é apenas uma forma de buscar as coisas espirituais, pelo que, deve estas (coisas) ser a nossa prioridade.

“Como está escrito: Por pai de muitas nações te constituí perante aquele no qual creu, a saber, Deus, o qual vivifica os mortos, e chama as coisas que não são como se já fossem”. (Romanos 14.17)

Uma questão de entregar o futuro nas mãos de Deus – Não é errado ninguém planejar ou projetar a sua vida. Mas a governabilidade de todas as coisas pertence a Deus, não nós mesmos.

“Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque, que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece. Em lugar do que devíeis dizer: Se o Senhor quiser, e se vivermos, faremos isto ou aquilo”. (Tiago 4.14-15)

AGRADECIMENTO

Ao Autor e Consumador da Vida

Obrigado Senhor...

Pelo seu soberano e sempiterno poder.

Obrigado Senhor...

Pelo seu incondicional amor.

Obrigado Senhor...

Pela sua infinita misericórdia.

Obrigado Senhor...

Pelo seu eterno amparo às famílias.

Obrigado Senhor...

Pela sua presta acolhida do reino.

PREFÁCIO

Na multidão dos meus pensamentos (...)

“Na multidão dos meus pensamentos dentro de mim, as tuas consolações recrearam a minha alma”. (Salmos 94.19)

Não importa o quanto podemos conhecer da visão médica, de suas definições, e até mesmo referente ao seu tratamento para “ansiedade”; porém, necessário é conhecê-la, sob a visão da perspectiva bíblica.

“Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus”. (Filipenses 4.6,7)

De acordo com o apóstolo Paulo aos Filipenses, ele já sabia que ansiedade à luz da Bíblia, tratava-se de algo prejudicial. Assim, gratidão a Deus, pelo que já vimos, também é questão de busca, pelo que precisamos provar dessa paz, embora não possamos compreendê-la, mas nossos corações e mentes são guardados pela presença do Senhor Jesus.

Logo depois de conhecer a doutrina de que Deus resiste aos soberbos, mas que Sua graça gera recompensa ao humilde (Cf. 1 Pedro 5.5), o apóstolo Pedro, então, diz como tratar a ansiedade; lançando-a sobre o altar do Senhor Jesus, essa é uma ação de quem caminha pela direção da humildade. Por outro lado, caminhar na direção contrária é orgulho!

“Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte; Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”. (1 Pedro 5.6-7)

Andando ansioso (de ansiedade) , significa tentar realizar o trabalho que pertence a Deus. Isso demonstra pensar que o Senhor não se importa o suficiente com você ou que Ele perdeu o controle da situação. Portanto, é o mesmo que dizer, isto é, (sem palavras) que você pode lidar bem melhor com a situação do que Senhor lidaria. Pelo que, a isso nomeamos também de orgulho!

No mundo espiritual a nossa consciência daquilo que somos, principalmente, do que somos capazes de fazer ou não, é muito importante, a fim de saber lidar (tratar) com a ansiedade, à luz da Bíblia.

CAPÍTULO

– 01 –

Corpo, Alma e Espírito

A Palavra de Deus, isto é, em especial, no Novo Testamento, encontramos termos que ainda hoje, nos arremetem para gerar calorosas discussões, como: “Espírito, Alma e Corpo”.

Certamente, que nós, crentes em Jesus Cristo, sabemos que tais existem, porque, a Bíblia assim o testifica. Mas o que é cada um em sua própria representação? Como se define à Luz da Bíblia, corpo, alma e espírito? E como se define tal relação entre eles? Até ao dia de hoje, em meio ao povo cristão há ainda bastante controvérsia relativo a esses termos. Portanto, a confusa consequência gerada é basicamente uma errônea compreensão do que se dá, através de várias passagens por entre seus textos bíblicos.

Pela sua adversidade, e das consequências entre esses termos, citamos sua interpretação contraditória, a exemplo: O retorno de Cristo, nessa (discussão se dá pela desordem entre alma e espírito) e sua interpretação deslocada, onde (o homem por sua vez acaba batendo de frente com a biologia moderna).

“E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente”. (Gênesis 2.7)

Não se deixe enganar, porque apenas através de uma análise profunda e detalhada é que, nessa visão, para esses termos chegaremos a um consenso bem comum, pelo menos no meio cristão. E, em se falando de corpo, à luz da Bíblia, estamos tratando da parte relativa ao visível, que diz respeito ao seu habitat nesse mundo físico, ou seja, sua parte física de ser humano.

Em (Cf. Gênesis 2.7), bem como em outras várias passagens bíblicas, define-se bem que a estruturação física do homem se compõe do pó da terra, ou ‘barro’, conforme nalgumas interpretações textuais, ao longo da Bíblia.

Portanto, hoje, a ideia tradicional de como Deus criou o homem a partir desse elemento (pó da terra): simplesmente, a Bíblia não revela seus pormenores, de como o homem foi formado a partir do seu elemento inicial. E realmente a Bíblia não diz mesmo de que maneira Deus o fez...

Por outro lado, tais fatos, não atestam a Bíblia, como sendo mentirosa, aliás, atesta o contrário: A Bíblia em (Eclesiastes 3.20) “Todos vão para um lugar; todos foram feitos do pó, e todos voltarão ao pó”; sendo bastante eficaz ao declarar que não apenas o homem, mas todo ser vivo em sua essência foi criado a partir do pó da terra.

De fato, que o exposto acima é a mesma composição orgânica da terra! Assim, o corpo físico opera sua comunicação social ou religiosa (assim, todo o contato físico, dar-se através da alma terrena), por sua vez, essa deve ser bem cuidada, a fim que funcione corretamente e garanta o bem-estar da vida alimentar e higiênica. Mas esse corpo físico também é considerado um

Impresso
R$ 33,87

Ebook (epub)
R$ 15,07

Tema: Cura, Bíblias, Bíblia, Religião, Corpo, Mente E Espírito, Batalha Espiritual Palavras-chave: ansiedade, barros, barroso, bem, cura, de, deus, espírito, jesus, libertação, mal, moza, poder, pra, vencendo

Características

Número de páginas: 72
Edição: 3(2020)
Formato: A5 148x210
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.