Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

O AMANTE DE ADRIANO

Por: ADEILSON NOGUEIRA

Sentimos a vida no colo de sonhos de beleza, vazia, enfadonha e inconsolavelmente deserta... Por que não se pode fugir da vida por todos os momentos e por que não podemos sempre fundir toda a vida em uma composição relaxante para nós mesmos como um sonho acariciado de beleza? Triste, triste é a vida para se pensar: se é bonita, é apenas um piscar de olhos; enquanto a vida, uma vida viciosa e sem cor, espreita ao redor de uma pessoa com intermináveis momentos de fome, e cada momento a encerra de vergonha. Triste e cruel é a maior parte da vida do homem, e o homem vive mais miseravelmente na maior parte de seus momentos...

Adriano ficou em Bitínia tempo suficiente para ter assumido uma residência em alguma grande mansão da cidade. A mesma atmosfera de calma digna e ordem prevaleceu lá como no palácio de Roma.

Há registro de um pedido de “cento e trinta meninos bonitos para o serviço nos corredores do palácio,” todos a serem comprados na Asia menor.

Quem foi Antínous? Qual foi sua origem, sua infância?

Três escritores antigos referem-se a ele como um escravo de Adriano. Mas dois destes três baseiam sua opinião no terceiro, Hegesippos, considerado de ligeira confiabilidade histórica.

A própria ausência de qualquer menção de sua família é prova de que ele era de origem muito humilde.

Ele foi visto entre os artistas da dança de guerra de Pirro com a qual a chegada do imperador romano era geralmente celebrada na Nicomedia, e para a qual os mais bonitos rapazes eram escolhidos; o fato teria sido mencionado, mas esses meninos eram selecionados de famílias aristocráticas.

Como então poderia um jovem de grande beleza e pouco social vir a ter contato com o imperador a menos que pelo atalho do mercado de escravos?

Não há declaração em qualquer lugar que indique que Antínous não era um escravo. Resta, no entanto, a sugestão no ideal do amor platônico de que “isto é ignóbil para o amo e um escravo.”

Esta ideia teria influenciado Adriano...

Impresso
R$ 42,86

Ebook (epub)
R$ 22,60

Tema: Biografia, Geografia E Historia, Jovens e Adolescentes, Antigo, Itália, Realeza Palavras-chave: histporia, império, relacionamento, romano

Características

Número de páginas: 30
Edição: 1(2020)
Formato: A4 210x297
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.



Personalizar acabamento
Para comprar cópias com opções de acabamento diferentes entre si, é necessário adicionar uma versão de cada vez ao carrinho.

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.