Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

POEMAS

Por: ADEILSON NOGUEIRA

Obscuramente sacrificado,

Nada mais nos resta...

Seu túmulo não tinha nome gravado.

Ali jazia um poeta;

Ali jazia a Poesia...

Estimado menos do que a perda pagou

Sobre as torres da liberdade, ele fez,

Na sensibilidade do escrever, talvez,

O verão nivelar os campos em flor,

No chão desta terra onde levemente tocou.

Os jovens perdidos

Poderiam tê-lo conhecido

E sabido que o poeta era um insatisfeito;

Que a beleza terrena não lhe apascentava o peito.

Sob todas as formas

A própria morte deve dividir

Completamente as normas

Que pereceram aqui.

Quantos no auge de tudo o que encanta,

Foram coroados com todos os presentes

Que conquistam e atraem? De nada adianta

Quando só restam lágrimas pelos ausentes.

Nada mais...

A angústia das horas atrozes

Transformou seus últimos momentos em agonia

E fechou seus olhos moribundos aos algozes.

Era uma vez um poeta, um artífice da poesia.

Tudo isso não é amor...

É a escassez dos meus dias, assim vejo.

As páginas do volume que a rubrica não escreve,

O templo em tempos sem oração, sem louvor,

O teu lindo corpo nu,

O altar desbotado e a vela sem luz.

Os homens alcançam-se através de portais de triunfo,

Mas, através de um poste de lágrimas, saem do mundo.

Todo homem emudecido é poeta, tanto quanto dure sua emoção, tanto quanto as imagens, as sensações, as ideias afluem em seu cérebro, tanto quanto experimente uma sobre-excitação da vida sensível e intelectual; e a aptidão poética é tanto mais desenvolvida em si quanto capaz de emoções mais intensas, mais vivas e sobretudo mais fáceis para excitar. É isto o que constitui a poesia íntima, individual de alguma sorte. Mas isto não basta ao poeta.

Impresso
R$ 62,98

Ebook (epub)
R$ 35,95

Tema: Família E Relacionamentos, Mensagens, Poesia, Amor E Romance, Morte E Luto, Paternidade Palavras-chave: amor, morte, poemas, poesia, tristeza

Características

Número de páginas: 157
Edição: 2(2020)
Formato: A4 210x297
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.



Personalizar acabamento
Para comprar cópias com opções de acabamento diferentes entre si, é necessário adicionar uma versão de cada vez ao carrinho.

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.