Original

Agbook

Original

EM BUSCA DA CIÊNCIA DO ESPÍRITO

Esta página foi vista 1453 vezes desde 05/01/2011

Por: João Fernandes da Silva Júnior

Sem a natural evolução científica, hoje ainda estaríamos vivendo dentro de cavernas e alimentando-nos de “saborosos” animais cozidos sem nenhum tempero. Caminharíamos quilômetros a pé. Beberíamos água empoçada da chuva. Cobriríamos nosso corpo com a pele de animais mortos, e, na verdade, eu não teria escrito esse livro e nem você, caro leitor, saberia ler. Estaríamos vivendo ainda uma fase de limitações intelectuais e tecnológicas.

A Codificação Espírita foi programada pela equipe do Espírito de Verdade, para meados do Século XIX justamente porque naquela época a Ciência já estava caminhando livre das amarras da Santa Sé.

Em verdade, a Humanidade terrestre demorou 1857 anos para evoluir moral e intelectualmente para produzir avanços tecnológicos que possibilitassem a redescoberta das verdades expressadas pelo Mestre Jesus quando de Sua passagem pela Terra.

Demoramos 1857 anos para produzir um “banco de dados” científico que facilitasse o nosso entendimento relativo aos ensinamentos de Jesus.

A Ciência precisava estar suficientemente evoluída para interpretar os fatos e as palavras atribuídas ao Nazareno, e até mesmo, havia a necessidade de os cientistas poderem comprovar a realidade de alguns dos eventos impressionantes que estão descritos no Novo Testamento, nos livros de João, de Paulo, de Mateus e de Marcos. Sim, para que as palavras de Jesus fossem compreendidas como fundamentais para o processo de autorreformulação dos seres humanos, havia a necessidade da comprovação de alguns dos fenômenos realizados por Jesus.

Para comprovar a realidade da existência dos espíritos havia a necessidade de que a Ciência já possuísse elementos para pesquisar os chamados efeitos paranormais e mesmo, os médiuns.

Sem a Ciência comprovando a possibilidade de tais acontecimentos, o Espiritismo seria mais uma religião na face da Terra, e sejamos sensatos, já existem religiões até demais por aqui.

Demoramos cerca de 1857 anos para compreender que Adão e Eva eram uma alegoria; que Deus não pune; que não é possível a existência de um Céu repleto de inércia, e de um inferno com sofrimentos eternos. Deus, um velhinho de barbas brancas e esvoaçantes, sentado em um trono, percorrendo o espaço e vendo Seus filhos – Suas criações – sofrendo eternamente por causa de falhas que poderiam ser corrigidas, em uma nova existência.

O papel da Ciência é comprovar a existência ou a inexistência de tal e tal acontecimento, mas a Ciência não é infalível porque ela está nas mãos dos homens – que são falíveis – e ela é manipulada muitas vezes pelos próprios pesquisadores. Não temos aqui a pretensão de julgar as pessoas, mas temos o compromisso de apresentar fatos que são referentes ao aspecto científico do Espiritismo. Visando isso, trazemos a lume este novo livro, com fatos novos, descobertas recentes e explicações significativamente veementes com relação ao que a Doutrina Espírita apresenta.

A Ciência ajuda o ser humano a “compreender” Deus, a cada nova descoberta que é realizada, mais um “pedacinho” do nosso Criador surge para que completemos o infinito quebra-cabeça da Divindade, o Deus Pai-Mãe de todas as criaturas e de todas as coisas.

Deus que criou-nos por amor, com amor e pelo amor. Deus que ampara-nos com amor, por amor e pelo amor. Deus que educa-nos por amor, com amor e pelo amor. Deus que oferece-nos, amorosamente, um lugar ao lado d’Ele, quando estivermos suficientemente evoluídos para ajudá-Lo na Criação, quando seremos então cocriadores no Universo sem fim.

A Ciência é também uma manifestação de amor, só quem passa anos a fio enfurnado em um laboratório para descobrir algo que irá facilitar a vida de seus irmãos, é que sabe o quanto de amor e de entrega são necessários para tal tipo de realização.

Tudo na vida tem como ponto de partida o amor, e o ponto de chegada também é o amor.

As descobertas científicas resultam do amor de incontáveis seres humanos que buscam ajudar a Humanidade, o amor manifestado na Ciência ajuda a compreender o amor expressado nas mensagens evangélicas.

Impresso
De R$ 40.92 por:
R$ 36,38

Tema: Ciências Biológicas, Espiritualidade, Literatura Nacional Palavras-chave: ciência, espiritismo, espírita, física, parapsicologia, quântica, ufologia

Características

Número de páginas: 243
Edição: 1(2010)
Formato: A5 148x210
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.