Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

Kalevipoeg, o épico da Estônia

Por: Jonas Otávio Bilda

A história da Estônia pode ser resumida por uma notável e copiosa lista de heróis obstinados em uma longa defesa da autodeterminação nacional-popular contra invasores e culturas estranhas que buscam de modo ou outro corroer sua liberdade em todos os domínios. Assim é exatamente, como veremos, a epopeia do filho de Kalev, o Kalevipoeg: o frondoso gigante loiro solitário, um tanto desajeitado é verdade, mas bem-quisto por Taara e por todos os deuses, protetor da natureza, amigo dos pequenos animais e do próprio povo. Tal como a Ilíada é uma alegoria nacional para o povo aqueu-heleno jovem e conquistador, o Lusíadas uma alegoria para o português aventureiro, e o Fausto para o erudito germânico, o Kalevipoeg é o símbolo da resistência estoniana, que mesmo diante de inimigos sempre mais numerosos, não dá passos atrás, mas salta à frente; mesmo quando lhe falta uma espada, o gigante estônio arranca uma árvore inteira e a transforma numa clava esmagadora; mesmo que os mais poderosos feiticeiros pareçam invencíveis, não lhes dá ouvidos aos encantamentos, mas subjuga a sombra e a ilusão com pensamentos honrados, atos nobres e punhos firmes. Despreza as facilidades de varinhas mágicas porque prefere fazer tudo com as próprias mãos e mérito. Sabe ser feroz em combate, como sabe ser alegre em festas. Tem a inocência de uma criança e a sabedoria de um filho dos deuses. Não dispensa tesouros, mas também não os guarda para si: empreende jornadas inusitadas em nome do bem-estar e segurança do diligente trabalhador estônio, preocupando-se em dar-lhe pontes, muralhas, casas e riquezas. E vítima, ao final, da consequência de um erro próprio (pois que como todo herói, Kalevipoeg comete imprudências, mas como raros experimenta o amargor do arrependimento) é ainda muito celebrado pela corte dos deuses e aguarda, pacientemente, pela grande conflagração final, onde se erguerá em defesa de sua terra e sangue.

Esta tradução lusógrafa tem por referência o trabalho de William Forsell Kirby (1844-1912) notório entomologista e poliglota inglês conhecido pela tradução do épico nacional finlandês Kalevala que, mais tarde, influenciaria a formação de J. R. R. Tolkien (1892-1973) filólogo e autor do famoso O Senhor dos Anéis. Em suas anotações, Kirby pensou encontrar no Kalevipoeg estoniano uma simples variante do épico finlandês, mas o percebeu “tão distinto, e ao mesmo tempo tão interessante” que decidiu por publicá-lo num relato independente completo em prosa, algo inédito na língua inglesa de seu tempo. Privilégio tal que, agora acessível em português, fora prefaciado por contextualização historiográfica e apreciação cultural do livre-pensador J. O. Bilda conformes à nobreza própria da nação e cultura da Estônia.

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 46,82

Ebook (epub)
R$ 19,80

Tema: Historiografia, Estados Bálticos, Antiguidades E Arqueologia, Religião, Poesia, Geografia E Historia Palavras-chave: estônia, kalevipoeg, mitologia, paganismo

Características

Número de páginas: 161
Edição: 1(2021)
Formato: A5 148x210
ISBN: 978-65-865-0742-3
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Polen

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.



Personalizar acabamento
Para comprar cópias com opções de acabamento diferentes entre si, é necessário adicionar uma versão de cada vez ao carrinho.

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.