Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

Dos Momentos com Valentina

Por: Alessandro Lo-Bianco

Em comum a todos os textos, dois personagens: o pai e a pequena Valentina, sua filha. Em cada um dos textos, o cronista joga luz sobre sua relação com a filha e a difícil responsabilidade de educá-la. E ao expor essa convivência tão íntima, o cronista acaba por registrar mais do que um prosaico cotidiano: expõe os meandros de outra arte, ainda mais difícil do que a de educar, a de conviver. Em cada um dos textos, acompanhamos o amadurecimento de dois indivíduos: o da menina, que age movida pela curiosidade típica das crianças, e o do próprio pai, que se autodefine um adolescente. O pai ensina e, muitas vezes, é ele quem aprende. E ambos crescem aos olhos do leitor.

Acompanhamos as idiossincrasias dessa convivência — e as alegrias e frustrações da pequena Valentina — como se fôssemos visitantes que chegam à casa numa hora inapropriada. Acontece que essas horas, ainda que inapropriadas (e talvez por isso), nos trazem pequenas epifanias disso que chamamos de humanidade. Como a da visita de uma esperança, ela mesma, o inseto. E esse texto me aludiu àquela crônica na qual Clarice Lispector recebe semelhante visita. A esperança vista por Clarice e seus filhos era frágil e “burrinha”. A de Valentina e Lo-Bianco é pequenina, possivelmente um “grilinho”, e, sob a lucidez da menina, mostra-se pequenina, mas dotada de beleza. “A gente que é muito grandão para ela”, arremata a criança. Já que falei de Clarice, impossível não lembrar de outro de seus textos: o livro infanto-juvenil A mulher que matou os peixes . Aqui, Valentina perde dois de seus peixes — um por excesso de zelo (no caso comida); outro, por morrer naturalmente. E a menina é apresentada a temas como frustração e a finitude da vida. Findo o livro, o leitor é brindado não com uma crônica, mas com uma carta. Esse texto último é mais sóbrio e sentido que os demais. E o leitor, que já estava familiarizado com o cronista, é apresentado agora a uma outra faceta do jornalista: a de escritor. Um escritor que vai além do cronista atento e divertido. Esse escritor é capaz, sobretudo, de nos comover.

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 43,77

Ebook (PDF)
R$ 25,19

Tema: Paternidade, Pais E Adultos Crianças, Amizade, Infantil, Família E Relacionamentos, Educação de Filhos Palavras-chave: alessandro, com, dos, e, filha, filhos, lo-bianco, momentos, pai, pais, valentina

Características

Número de páginas: 119
Edição: 1(2021)
Formato: A5 148x210
ISBN: 978-65-993-1579-4
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.