Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

Imagem e semelhança

Esta página foi vista 18 vezes desde 27/09/2021

Seja perfeito como o Pai é perfeito!

Por: Ômar Souki

Jackie Haas e seu esposo estavam em peregrinação na Terra Santa em outubro de 1982, e ela tirava fotos durante a viagem. Quando retornaram aos Estados Unidos revelaram as fotos e encontraram essa fotografia de Jesus entre as outras. A princípio, Jackie pensou que pertencia a outro peregrino e que tinha se misturado com as suas. Disse ao marido que não havia tirado essa foto de Jesus e que nem sequer se lembrava de ter visto um quadro como esse. Os negativos foram examinados e lá estava o dessa imagem junto com os outros do mesmo filme, tirados no Monte Tabor, local da transfiguração de Jesus. Ela ficou admirada e confusa, pois não se lembrava de ter visto esse quadro, nem de ter tirado essa foto. Levou a estampa ao sacerdote que estava na peregrinação e ele disse que já havia visitado a Terra Santa várias vezes, mas nunca tinha visto esse quadro lá. Depois, Jackie levou-a ao padre de sua paróquia, que era um estudioso do assunto e ele, também, afirmou nunca tê-la visto antes. Ela, então, entregou a foto à agência que havia organizado a viagem e eles a levaram a Nova York para que fosse estudada por especialistas em pinturas e afrescos. Disseram que aquele quadro não era da Terra Santa. Jackie repetiu a peregrinação por três vezes levando consigo a foto. A cada ano perguntava a pessoas entendidas, onde poderia encontrar esse quadro, mas ninguém sabia. Um amigo do casal alertou-os que talvez não encontrassem nada igual no mundo, pois já tinham pesquisado demais. Foi então que eles, tocados pela beleza da imagem, passaram a compartilhá-la com outras pessoas. Fizeram cópias e começaram a distribuí-las dentro e fora dos Estados Unidos. A princípio, nada falavam sobre a sua misteriosa origem, pois Jackie ficava insegura de falar sobre o assunto. Ela estava determinada a descobrir de onde havia surgido algo de tamanha suavidade e harmonia.

Uma das reproduções da face de Jesus foi parar nas mãos do padre José Aleson, residente em Astúrias, Espanha, que imediatamente o reconheceu e venerou. Em fevereiro de 1989, o sacerdote mostrou a imagem a Luis Miyar, um fotógrafo, que se impressionou com sua beleza, tanto que sugeriu começarem um grupo de oração em sua casa. A imagem foi colocada sobre a mesa da sala ao redor da qual eram feitas as orações. Certo dia, enquanto rezavam o terço, Nosso Senhor se manifestou a um dos participantes. Foi então que o padre Aleson pediu-lhe que perguntasse a Jesus sobre a origem daquela estampa. A resposta foi a seguinte: “Meus filhos, essa é a minha imagem original, honrem-na a cada dia da vida de vocês. Eu derramarei sobre vocês graças especiais da mesma forma que derramo graças sobre as pessoas que tiraram a foto original. Quando a foto foi tirada Eu estava lá. Eu estava presente”. Em outra oportunidade, o padre pediu a uma vidente de Nossa Senhora que lhe fizesse a mesma pergunta, à qual Maria Santíssima respondeu: “Meus queridos filhos, é meu desejo que se junte dinheiro suficiente entre vocês com o objetivo de multiplicar a imagem de meu Filho, já que muitos de meus filhos gostariam de ter uma foto de Jesus, e não viram nenhuma ainda”. Depois desse colóquio, o padre pediu a Nossa Senhora, através da vidente, que ditasse um texto para ser colocado junto com a estampa de seu Filho. Maria respondeu: “A fotografia deve ser endossada com as seguintes palavras: Este é um presente feito possível por Nosso Senhor para que todos possam conhecer a sua verdadeira imagem e o seu imenso amor”. A partir daí, através de videntes, Nosso Senhor fez declarações sobre a estampa e sobre os milagres que seriam realizados. Jesus também revelou que quando Ele voltar triunfante, poderemos vê-lo saindo dessa imagem, assim como da Sagrada Eucaristia. Disse que está vivo em cada uma das reproduções e pediu que rezássemos muito diante de sua foto. Afirmou que Seus olhos sempre verão o bem e o mal que fazemos.

O padre Aleson relata que depois dessas declarações de Jesus e de Maria, muitos milagres aconteceram através da estampa. Em suas próprias palavras: “Os Céus nos abençoam da mesma forma que abençoam o casal que reproduziu essa tão maravilhosa imagem de Nosso Senhor Jesus Cristo. Sou muito agradecido pela oportunidade que Nosso Senhor e Nossa Senhora me deram de amar e honrar a Jesus Cristo nessa imagem”. Ele relata que, quando preparava um pacote de estampas para enviar às religiosas de Orito em Monorte del Cid, Alicante, Espanha, o próprio Jesus se manifestou. Pediu-lhe que dissesse às freiras que quando orassem durante o dia, deveriam rezar e honrá-lo no Santíssimo Sacramento do altar, o único lugar conhecido pela igreja onde Ele está presente. Mas, quando não pudessem sair de seus quartos, poderiam rezar diante dessa imagem, já que sua presença ativa se encontra também em sua fotografia.

Impresso
R$ 35,79

Ebook (epub)
R$ 12,92

Tema: Vida Cristã, Religião, Oração Palavras-chave: espiritualismo

Características

Número de páginas: 108
Edição: 1(2021)
Formato: A5 148x210
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.