Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

GERENCIAMENTO DE CRISES PRISIONAIS

Doutrina Especial

Por: André da Silva Ferreira

O Gerenciamento de Crises, há muito, deixou o patamar de Doutrina, para assumir o posto de Ciência Autônoma e Multidisciplinar, composta de doutrinas específicas, adequadas e convenientes a cada realidade, resultado da veloz e constante evolução de todos os fatores que compõem o universo de um evento crítico.

Diante das inúmeras possibilidades de ocorrências no plano da realidade, bem como, da imprevisibilidade do comportamento humano, indissociável dessa equação, bem como, das respectivas áreas de responsabilidade de cada instituição, o Gerenciamento de Crises evoluiu nas esferas estritas.

Na esfera do cárcere, a abordagem da doutrina clássica em sua plenitude é inadequada aos parâmetros do ordenamento jurídico brasileiro, e dessa forma, se faz necessário realizar as adequações para o respectivo emprego eficiente da doutrina.

Da constante pesquisa, estudo, e, produção técnico-científica, nasce o presente trabalho, o “Gerenciamento de Crises Prisionais - Doutrina Especial”, com ênfase em Operações Especiais , Operações Interagências, e, Intervenção Prisional, com a devida fundamentação jurídica, doutrinária e conceitual.

No que tange às questões doutrinárias quanto as Características das Crises, os Critérios de Ação, Fases do Processo de Gerenciamento de Crises, bem como aos Protocolos Gerais contidos na tríade, Conter - Isolar - Negociar, estes, permanecem imutáveis, de acordo com a doutrina original, entretanto, as mudanças mais pontuais estão contidas na ‘Tipologia do Perpetrador’, na ‘Tipologia Arquitetônica Prisional´, e, por conseguinte, nas ‘Motivações e Modalidades’ das Crises e nas ‘Alternativas Táticas e Técnicas’.

O trabalho aborda paradigmas que abarcam, as esferas estática, dinâmica, e, híbrida, quais são, Intervenção para Revista Geral (Blitz); Movimento Coletivo de Indisciplina; Tomada de Refém para Barganha; Fuga Frustrada com Tomada de Reféns; Rebelião com Tomada de Reféns, Arrebatamento Planejado, Arrebatamento Ocasional, Fuga, frustrada e consumada, Ataques Múltiplos e Coordenados, e, Evasão em Massa.

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 73,15

Tema: Processo Penal, Direito Penal, Direito Administrativo E Prática Regulatória, Hermenêutica, Direito, Ciência Palavras-chave: ciências, crises, de, direito, gerenciamento, jurídicas, policiais

Características

Número de páginas: 456
Edição: 1(2021)
Formato: A5 148x210
ISBN: 9786500335064
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Offset 90g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.