Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

RELEITURAS BASILARES DO DIREITO PÚBLICO E AS SUAS INTERFACES

Esta página foi vista 50 vezes desde 17/12/2021

Por: Hugo Rios Bretas, Cyntia Teixeira Pereira Carneiro Lafetá

O Direito em virtude de seu interesubjetivismo, de seus robustos institutos e de seu impacto inelutável perante a sociedade, precisa ser constantemente revisitado.

Os mais complexos conceitos do Direito estão em constante formação, por exemplo, o princípio da dignidade da pessoa humana foi objeto de análise em razão da crise humanitária no Afeganistão, em 2021. No mesmo sentido, a COVID-19, a partir de março de 2020, marcada pela imprevisibilidade, estabeleceu a releitura do discurso de assistência do Estado, em razão da premência do auxílio emergencial, o que, reflexamente, estabeleceu forte tensão no Direito Financeiro, ante o avassalador efeito deste auxílio no planejamento orçamentário.

A especulação em 2021 sobre o racionamento das águas exigiu a análise sobre a essencialidade dos recursos mínimos em favor dos cidadãos.

A utilização, impulsionada no período de pandemia, de aplicativos, videoconferências e tecnologia em geral, acendeu a flexibilização da indispensabilidade de audiências presenciais no âmbito do Poder Judiciário.

No mesmo sentido, a abertura de empresas, de forma virtual, impactou o Direito Empresarial, mas, também atingiu importante alerta no sentido de que a economia estatal pode ser aquecida, através da abertura de novas empresas virtualmente.

Afinal, a internet deve ser considerada essencial, similarmente aos serviços de água, esgoto, energia e segurança pública?

Invocamos alguns fatores recentes, capazes de demonstrar os intermináveis fatores estupidificantes que provocam releituras basilares no Direito Público. Diante disso, a única forma de enfrentar estes desafios se dá através do altruísmo, isto é, do reconhecimento real do outro, sob pena de prosseguirmos no alarmante cenário de apatia, insensibilidade e perversidade.

Espero que esta obra, fruto do engajamento da querida turma de Direito Público de 2019/1 do Centro Universitário Newton Paiva, gere reações e contribua para a promoção de efetivas reflexões.

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 49,28

Tema: Direitos Civis, Constitucional, Educação, Direito Palavras-chave: dignidade, estado, orçamento, princípios

Características

Número de páginas: 201
Edição: 1(2021)
Formato: A4 210x297
ISBN: 9786500367775
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura s/ orelha
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.