Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

Sou dessas

Esta página foi vista 36 vezes desde 24/05/2022

em qual delas você se acha?

Por: ANGÉLICA CRISS

É porque sou dessas, eu vivo minha metamorfose e sou um caleidoscópio de outros seres...

Ser mulher...

Ser mulher é cuidar e ao mesmo tempo se enfrentar...

Ser mulher é tão da essência que não está no sexo do corpo e sim numa certeza de ser mulher...

Ser mulher é cair e levantar...

É a resiliência explorar...

Ser mulher é cuidar e ao mesmo tempo equilibrar...

Ser mulher é querer o bem e ensinar...

Ser mulher é aprender, pois,

Ser mulher é chorar, sofrer e mesmo assim continuar a experenciar...

Ser mulher não é simples, é complexo...

Sim, nós mulheres somos complexas, com muito orgulho!

Nossa mente parece funcionar como um caleidoscópio de outros seres, pois assim como funciona num caleidoscópio, nos organizamos diante dos pequenos fragmentos dos outros seres que fazem parte de nossa vida, para criar combinações variadas de reflexos de luzes exteriores e combinações agradáveis de cores...

Fazemos isso porque queremos cuidar, às vezes somos mães, ou simplesmente queremos ficar ao lado e dizer “estamos aqui, conta comigo”. Mesmo quando estamos na dor.

Como diz Mario Sérgio Cortella1 numa das definições mais perfeitas que já li sobre as peculiaridades de ser mulher, “nascemos com o dom de não desistir do que e de quem queremos...”

A metamorfose faz parte da mente de uma mulher...

Neste livro, encontrarás trechos de relatos de mentes que falam de dor, de rotinas, cicatrizes e traumas, mas também de gatos e faxinas.

Encontrarás explicações sobre a persoficação de objetos, mas também sobre a autonomia sob o uso de seus desejos sexuais.

Encontrarás relatos sobre respeito à essência e ao jeito de ser, afinal ser mulher é “ser o que sou”. Seja uma profissional — do — sexo ou mãe-de-oito-filhos-em-que-criei — sete.

Ser mulher é capturar através de minhas lentes o jeito de viver.

Ser mulher é ser mãe de muitos, mesmo às vezes não sendo mãe biológica de nenhum...

Ser mulher é se assumir “menina que gosta de menina”.

Ser mulher é ser administradora, inclusive administradora — do — lar.

Ser mulher é entender que às vezes “os outros são só os outros e só”...

Ser mulher é querer conhecer “o universo inabitado do outro”...

Ser mulher é ser “a professora que habita em mim”...

Ser mulher é querer mudar o que não lhe está fazendo feliz, mesmo que “mudando trinta pedaços de mim”.

Ser mulher é ter cor...

Ser mulher é cantar suas dores e alegrias e explorar sua alma e condição de ser mulher, pois quando eu canto eu me liberto...

Eu desejo de coração que cada uma de nós possamos simplesmente sermos mulheres...

Pois está na nossa essência a luta pelo direito de sermos mulheres.

E isso não tem conexão com o biológico, mas sim com a essência resiliente de nossa alma.

Quero agradecer a todas as mulheres da minha vida, em especial minhas filhas, mãe e irmã.

Tive e tenho oportunidade de conhecer mulheres incríveis em que, como professora de profissão, aprendo com elas.

Mas quero agradecer, em especial, à Angélica Criss, pois quando fui convidada para prefaciar esse livro, fiquei bastante emocionada por perceber em como se encaminham certas coisas da vida...

Parto do pressuposto de cada um de nós admirar certos tipos de coragens e que essa admiração está vinculada a alguns de nossos medos de como reagiríamos em determinadas circunstâncias da vida.

Esse medo geralmente é fruto do que não iríamos querer passar por “conhecer nossos pontos de fragilidades” e diante desse tipo de reflexão nos questionamos “eu teria força para enfrentar essa situação?”

Entretanto, penso que a lei divina é tão perfeita e educativa, que, quando os nossos medos não ficam diante de nós através de nossas próprias situações, eles chegam através das pessoas que amamos e suas histórias de vida...

Eu conheci Angélica quando tive o prazer de trabalhar com ela.

Angélica mudou minha concepção sobre como enfrentar certas situações da vida em relação à saúde e a tratamentos tão específicos que modificam o externo e o interno de uma mulher, pois envolve medos enormes em relação à beleza da nossa essência feminina.

Quando tive oportunidade de conhecer o enfretamento de Angélica e de ver suas atitudes, pensei: “Cristo, esse veio para me ensinar a ter esse tipo de atitude numa situação como essa!”.

Pois ela estava lá, sentindo dores, modificando seu ser e seu interior, mas todos os dias sendo exemplo de como temos que enfrentar determinadas situações, com Fé e Coragem.

Muita gratidão, Angélica, por me ensinar sobre essas coisas.

Gratidão também pelo compartilhar neste livro das ideias que estão na mente dessas lindas mulheres: Angélica Criss, Drag Cindy, Juliana, Carlinha, Maria Salete, Suzie, Zuleide, Milena, Leandra, Helena, Cibele, Maria Eulália, Leandra, Amélia (mulher de verdade), Raíssa, Bianca, Valentina, Lucíula, Rafaela, Cilene, Amanda, Violeta, Anne Karen...

EU SOU MICHELA MACÊDO,

Mulher, porque sou dessas...

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 37,55

Ebook (PDF)
R$ 23,57

Tema: Poesia, Literatura Nacional, Ficção e Romance Palavras-chave: acha?, angélica, criss, delas, dessas, em, qual, se, sou, você

Características

Número de páginas: 42
Edição: 1(2022)
Formato: A5 148x210
ISBN: 978-65-89761-96-9
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Polen

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.