Agbook

CRUZADAS

E TEMPLÁRIOS

Por: ADEILSON NOGUEIRA

O que é muitas vezes esquecido é o fato de que as Cruzadas Cristãs foram uma resposta às Cruzadas Muçulmanas contra os cristãos. Muhammad (Maomé) iniciou e endossou essas Cruzadas contra os cristãos, como demonstrado por seu próprio exemplo, começando em 630. Os fatos referentes à agressão muçulmana foram esquecidos e deliberadamente ocultos do público por especialistas liberais.

A realidade histórica é que os cristãos foram forçados a responder às Cruzadas Muçulmanas depois de séculos sendo aterrorizados pelos discípulos de Muhammad.

Embora os cruzados europeus possam ter agido motivados pelas boas intenções cristãs, erraram quando cortaram, queimaram e forçaram conversões.

Jesus nunca usou de violência. Nem chamou seus discípulos para usá-la. Diante desse fato histórico, é natural que o Novo Testamento jamais endossasse a violência para espalhar a palavra do verdadeiro Deus. A realidade textual corresponde à realidade histórica.

Em contraste, os muçulmanos que cortaram e queimaram e forçaram conversões não se afastaram das origens do Islã, mas seguiram-nas de perto.

É um fato histórico simples e desagradável que, nos dez anos que Muhammad viveu em Medina (622-632), ele enviou ou saiu em setenta e quatro ataques, expedições ou guerras em grande escala, que vão desde pequenos assassinatos (630) a expedições não resultavam em violência, com um exército muçulmano sempre espreitando ao fundo.

Mais tarde, Muhammad exigia uma vingança terrível sobre um indivíduo ou tribo que lhe cruzasse. Esses dez anos não conheceram longos períodos de paz.

Portanto, é natural que o Alcorão seja preenchido com referências a jihad e qital, a última palavra significando lutar, matar, guerrear e abater. A realidade textual corresponde à realidade histórica.

Isso significa que a Igreja teve que lutar para não ser engolida por uma religião agressiva ao longo dos séculos. Assim, a Igreja não saiu e conquistou de uma maneira estúpida, sanguinária e irracional - embora as Cruzadas Cristãs estivessem longe de ser perfeitas.

Impresso
R$ 68,27

Ebook (PDF)
R$ 36,59

Tema: Geografia E Historia, Não Ficção, Seitas e Heresias, Europa, Historiografia, Medieval Palavras-chave: cruzadas, histÓria, medieval, templÁrios

Características

Número de páginas: 141
Edição: 1(2017)
Formato: A4 210x297
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.



Personalizar acabamento
Para comprar cópias com opções de acabamento diferentes entre si, é necessário adicionar uma versão de cada vez ao carrinho.

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.