Agbook

Revista Olhares Docentes - v. 3, n. 5

Esta página foi vista 53 vezes desde 19/08/2019

Por: FAEC

O entendimento das novas estruturas e demandas edicacionais, das maneiras contemporâneas de vivenciar o conhecimento, da construção de vertiginosas e fugazes relações sociais, no imo da instituição educacional, do aporte tecnológico que funda um outro modo pedagógico, alterando concepções tradicionais e condicionando o saber ao espanto, representa um enorme desafio tanto para os educadores quanto para os teóricos que se debruçam sobre a Educação, com o objetivo de compreendê-la. Não raro, as suas conclusões apontam para um reducionismo previsível: “É um momento de transição!”. Tarefa árdua é fundamentar as referências da mudança, ou delinear o seu feitio.

Compreender as novas formas de organização da Educação demanda uma atitude de autonomia, independência e compromisso, elaborado no esteio do mais alto princípio de alteridade. Uma postura que prime pelo fortalecimento da solidariedade humana, pelo respeito fundamental ao ser, à vida, aos ideais mais sublimes. Incutir o gérmen da solidariedade naquele que busca o conhecimento – em lugar de apenas ministrar conteúdos secos, vazios, estéreis – marca o início de uma (r)evolução - a verdadeira – do espírito humano. Um movimento que levará a sociedade a perceber-se integrada, íntegra, orgânica, una, igual... mesmo na diferença. Isso é fortalecer a tolerância, e cabe à Educação a consecução de tal missão. Tolerar é compreender na diversidade, eis o verdadeiro sentido do respeito á diferença: ainda que não se possa concordar, por destoar da sua crença original, abraçar o outro como um ser portador de identidade, vontade e determinação. Essa idéia deve servir de eixo à Educação contemporânea e deve permear todas as suas instâncias.

A transformação da Educação acontecerá quando todos os seus atores participarem, ativamente, na proposta pedagógica das instituições de ensino. É condição basilar que aqueles, realmente, comprometidos com a causa da Educação contribuam para a construção de novos referenciais pedagógicos, a começar pelo cotidiano da instituição em que trabalha. Os rumos da Educação são decididos na sua vivência, a partir da assunção das responsabilidades, que pertencem a cada educador e a cada educando que a compõem. Ao transformar a Educação, as demais instituições a seguirão, pois dela dependem as suas fisionomias. Assim, desde a família, pilar institucional de qualquer sociedade, até o Estado, instituição normativa e gestora, todas as instâncias sociais serão permeadas de um outro sentido.

Desejamos, a todos, uma excelente leitura

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 41,26

Ebook (PDF)
R$ 11,84

Tema: Não Ficção, Educação Palavras-chave: educação., periódico.

Características

Número de páginas: 160
Edição: 1(2019)
Formato: A4 210x297
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura s/ orelha
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.