Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

QUANDO NASCE UM ROMANCE

Por: Röhrig C.

2ª edição da novela “quando nasce um romance”, já faz 2 anos que saiu a primeira edição e depois de 1.000 exemplares (digital/impresso) agora estou publicando esta edição ilustrada e ampliada com prefacio, notas do autor sobre movimentos de contracultura... é para quem gosta de literatura underground (beat; film noir, romance noir). Se você procura uma história água com açúcar, não vai encontrar aqui. Esta é uma história que poderia acontecer em qualquer lugar, ou melhor, a margem de qualquer lugar....

“Uma surpresa e 12 dias é tudo que precisa para mudar sua vida.”

Jeux é um escritor underground e alcoólatra, sua vida estava resumida a fazer planos e ir ao bar encontrar os amigos. Sem perspectivas, vivendo em uma cidade provinciana. Colecionando amantes como quem coleciona figurinhas de futebol. Numa noite conhece Isabella, e sua vida ressurge através dos olhos da garota.

Nasce uma paixão, envolvente e confusa: diferença de idade, situação financeira, classe social, relacionamentos alternativos, o tempo em que cada um se encontra no mundo, tudo conspira contra eles. Ela com 21 anos, casada, universitária. Ele 33 anos, escritor alternativo, sem formação acadêmica; e boêmio. O único elo que os uni é a necessidade de estarem juntos de forma intensa e transgressiva.

“O que você deseja nesta vida, você consegue – o segredo é aceitar.”

Prefácio

Em julho de 2013. Comecei a escrever essa Novela, na época morava em frente a uma praça. Naquela manhã por volta das 10 horas, eu estava exatamente como agora, olhando para o monitor do computador e pensando.

O barulho da rua incomodando.

Tinha muito barulho naquele dia. Um grupo de funcionários da prefeitura fazia a limpeza da praça e a poda das árvores. Era uma agitação de felicidade e descontração. Fechei a janela que dava para a praça, na tentativa de entrar no clima da história que ainda não sabia exatamente qual seria.

Passado uns vinte minutos, escutei o som de dois disparos de arma de fogo.

Na sequencia alguns gritos, o som de pessoas correndo, uma viatura da policia chegou alguns minutos depois.

Pelo barulho percebi que tinha se formado uma aglomeração de pessoas na praça.

Continuei mantendo o foco na tela em branco do computador.

Com as horas passando, o grupo se acalmou, e a vida voltou ao normal.

Consegui escrever as primeiras 10 páginas e sai para fumar um cigarro caminhando pela praça.

Um senhor me parou no meio da minha caminhada e relatou o que tinha acontecido mais sedo. Não lembro com exatidão o que ele relatou. Mas parece que um policial que estava de folga naquela manhã, perseguiu um assaltante e fez alguns disparos. Sendo que um daqueles disparos atingiu o bandido e o matou. Tudo acontecendo ali na praça. E a praça cheia de pessoas que estavam aproveitando o sol da manhã para caminhar e as que faziam a manutenção do local. E tudo acontecendo a menos de trinta metros da minha janela.

Terminei o cigarro e voltei para continuar escrevendo, como se nada tivesse acontecido. Fez-me lembrar de um livro “Nada de novo no front”.

A vida continuou, terminei de escrever a novela e publicar.

Um mês depois de ter publicado a primeira edição. Estava limpando a calha da minha casa e encontrei um projétil pequeno. A bala tinha acertado o cimento que juntava as telhas, e depois caiu na calha. Estava amassada por causa do impacto. Dei uma boa olhada e depois joguei no lixo. E essa é a historia que não tem nada ver com a novela. Mas foi assim que tudo começou...

A novela foi ambientada na cidade de Pelotas, no estado do Rio Grande do Sul – Brasil. E conta a historia de um grupo de personagens boêmios e marginais. Que na maioria das vezes se encontra a margem da sociedade.

Eles próprios formam uma sociedade paralela. Onde os valores habituais são naturalmente contestáveis. Existe um código de ética próprio do grupo.

E quem vai aos poucos explicando e mostrando este mundo é o escritor Jeux. É o dia a dia dele e de sua turma que você vai encontrar nestas páginas.

O mais importante antes de começar a leitura propriamente dita. É conhecer um pouco do estilo e influencia que estrutura e amarra o enredo.

É uma novela tipicamente underground.

Apenas para dar uma ideia, underground significa subterrâneo, em português, e é usado para chamar uma cultura que foge dos padrões normais e conhecidos pela sociedade.

Isto me faz lembra. Um mito grego, a respeito da primeira mulher que chegou a terra e com ela a origem de todas as tragédias humanas. É que ela ganhou de presente dos deuses uma caixa cheia de itens, cada item pior do que o outro. Apenas um item bom naquela caixa – a esperança.

Vou lhe deixar a caixa de pandora, e você pode dar uma volta por este ambiente, que normalmente é chamado de cena underground.

Com estes camaradas que tem um estilo beat, e levam a vida como num film noir ‘filme negro’.

No final a gente se encontra e vamos conversar, sobre as camadas desse jogo.

Mas deixo a dica:

Novela underground (beat; film noir, romance noir)

Não posso falar mais, se não perde a graça. Boa leitura e nos vemos mais tarde.

Esta é uma edição comemorativa, pela distribuição impressa e digital das 1.000 copias da “primeira edição”.

Röhrig C.

30/06/2015-Pelotas/RS

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 43,55

Tema: Drama, Ficção e Romance, Literatura Nacional Palavras-chave: contemporâneo, contracultura, drama, erótico, juventude, novela, paixão, romance, sexo

Características

Número de páginas: 222
Edição: 2(2015)
Formato: A5 148x210
ISBN: 9781514899076
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Couche 90g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.