Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

Quadras metapoemáticas

poemas

Por: Valdecir de Oliveira Anselmo

A poética imiscuída nessas quadras está impregnada da busca pelo sentido que um termo deixa transluzir num contexto poético - a acepção. E, por conseguinte, há uma preterição dos tropos (emprego de palavra ou expressão em sentido figurado) por uma predileção pelas palavras e seus significados. As palavras no universo poético dessa obra são diletas no afeiçoamento do autor e elas sobrepujam as expressões e falam por si mesmas, sendo inteligíveis consoante ao contexto poético.

Há uma identidade metapoemática que permeia e concede coesão à obra. As palavras buscando coexistência nessa contextualização do fazer poético. Sendo a rima um ligame indelével, aqui imprescindível. É uma escolha feita pelo autor, norteado por suas convicções.

Nessas quadras não há dolência. Não há um flébil suspiro. Há tão somente um colóquio com o fazer em si. Um colóquio com a Poesia. Um colóquio com as Palavras. Um colóquio com o Entusiasmo. Um colóquio com a Inspiração. Um colóquio com o que nos leva a fazer. Pois POESIA vem do grego “poíesis”, que significa ‘ação de fazer algo’, pelo latim poese, + -ia .

O Entusiasmo nos leva a fazer algo. A Inspiração nos leva a fazer algo. A Poesia nos leva a fazer algo. As Palavras nos levam a fazer algo. Et cetera.

O principal objetivo dessas quadras é dar voz às palavras. E elas falam com mansidão e blandície, em melifluência poética. Ao menos assim é pretendido.

Para intróito essas duas quadras e que elas falem por si mesmas:

Não é proposta intencional

Surge como imanência

Como algo natural

Esse parte da essência.

Assim é o que faço

Sem jogos de falsidade

Sem desespero, sem despedaço

Somente a minha verdade.

Impresso
R$ 38,10

Ebook (PDF)
R$ 17,22

Tema: Literatura Nacional, Poesia Palavras-chave: metapoemas, poemas, poesias, poéticas, quadras

Características

Número de páginas: 112
Edição: 1(2016)
Formato: A5 148x210
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.