Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

TEORIA EVOLUCIONISTA: GENEALOGIA DO RACISMO E DO NAZISMO

Por: CLEBERSON EDUARDO DA COSTA

RESUMO/SUBSTRACT

A mesma sociedade antropocêntrica humanista-renascentista e capitalista-burguesa que preconiza que todos os homens são iguais, descendentes de uma mesma árvore genealógica (Homo Sapiens), de forma ideológica, paradoxalmente, também sistematiza a ideia de que os homens de Cultura e/ou origem dita Europeia e/ou Norte Americana são mais “evoluídos”, aos moldes do Darwinismo social, e, por isso mesmo, também mais inteligentes, prósperos, abençoados e/ou afortunados do que àqueles de culturas Africana, Latino-americana, Asiática, etc.).

O livro, epistemologicamente fundamentado, traz uma crítica (radical e de conjunto) à ideologia do racismo e nazismo de caráter antropológico-cultural, ou seja, problematiza à retórica evolucionista, e também a Darwinista (e eugênica) que, no mundo ocidental, é rechaçada no plano biológico-genético, mas, ao mesmo tempo, ideologicamente sistematizada, louvada e/ou agraciada nos aspectos antropológico-culturais, visando-se justificar as desigualdades sociais extremas provocadas pelo capitalismo global.

Na primeira unidade, problematizam-se os aspectos xenófobos etc. presentes nas diferentes culturas, procurando levantar os paradoxos e as diferenças entre educação e cultura, dentro do contexto dos processos de socialização (institucionalizados ou não). Ou seja, a partir de questionamentos acerca dos processos de endoculturação e/ou socialização, problematiza-se o caráter paradoxal das culturas (ao mesmo tempo formador e deformador).

Na segunda, propõem-se alternativas para a educação no séc. XXI, em oposição à formação Nazista-cultural e/ou de cunho Eurocêntrico-norte-americano que historicamente tem sido sistematizada globalmente, culminando, por exemplo, na formação de indivíduos psicopatas e genocidas e/ou biocidas potenciais (seres destituídos de compaixão etc., no sentido de Schopenhauer). Esperamos que esse livro possa de alguma forma contribuir à formação de uma geração mais criticamente consciente de si e de mundo, intelectualmente emancipada, respeitosa das diferenças, solidária, fraterna etc.

O autor

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 52,41

Tema: Ciências Humanas E Sociais, Educação, Filosofia, Antropologia, Discriminação & Relações De Raça, Ocidental Palavras-chave: antropologia, cultura, darwin, endoculturação, eugenia, evolucionismo, filosofia, kroeber, laraia, nazismo, nietzsche, racismo, rousseua, socialização, tyler

Características

Número de páginas: 183
Edição: 1(2020)
Formato: A5 148x210
ISBN: 978-17-164-6971-8
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Offset 90g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.