Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

A Síndrome de Burnout como uma espécie de dano moral nas relações trabalhistas

Esta página foi vista 112 vezes desde 21/03/2023

Por: Fernanda Sophia de Freitas Bráz

O desequilíbrio nas relações trabalhistas pode gerar sérios danos à saúde do trabalhador, devido ao estresse excessivo e o cansaço prolongado. Esse distúrbio emocional, causado pela exaustão extrema, atualmente é reconhecido como uma doença ocupacional. Entretanto, os trabalhadores podem encontrar grandes dificuldades para comprovar sua condição, de forma que seja capaz de gerar um possível dano moral. Assim, o presente trabalho tem a seguinte problemática: é possível classificar a síndrome de Burnout como um aspecto do dano moral nas relações trabalhistas?

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 49,61

Ebook (PDF)
R$ 24,75

Tema: Saúde Mental, Psicologia Organizacional & Industrial, Personalidade, Psicologia, Direito Palavras-chave: ambiente, burnout, civil, da, de, dignidade, direitos, do, doença, empregador, humana, ocupacional, personalidade., pessoa, responsabilidade, síndrome, trabalho

Características

Número de páginas: 25
Edição: 1(2023)
Formato: A5 148x210
ISBN: 9786500655544
Coloração: Colorido
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

SEGURANÇA

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.